Qual é a maior favela do Brasil?

Falar sobre favelas não é muito comum, principalmente se preocupar em qual delas é maior. As pessoas acham que, por ser considerado uma periferia e estar longe de nós, o problema e estudarmos e sabermos, pelo menos, do que se trata, não é nosso o problema. Mas é sim. Aliás, você sabia que não existe só bandidos por lá? E que se a favela fosse considerada uma cidade, seria a 35 mais populosa do Rio de Janeiro, à frente de Buzios e Paraty? Vamos saber algo mais sobre essa favela que existe desde 1930. Confira aqui a maior favela do Brasil:

Segundo o IBGE, a Favela da Rocinha é a maior do Brasil, com 69.161 moradores. Teve seu surgimento em 1930, com a característica agrária e pequena e só começou a criar corpo mesmo em 1950, quando vieram imigrantes Nordestinos.

Como todo mundo viu nos noticiários, em 2011, os militares e policiais ocuparam a favela, por ser considerada perigosa e terrivelmente corrompida pelo tráfico de drogas. Os moradores afirmam que o tráfico ainda existe, só que em menor escala.

Dentro da Favela, dois orgãos representam a lei e justiça do local: a União Pró-Melhoramentos dos Moradores da Rocinha e a Associação dos Moradores e Amigos do Bairro Barcelos. Esses orgãos realizam projetos sociais e medem conflitos entre moradores, como se fose um juíz de pequenas causas.

Um problema terrível por lá e a tuberculose. Por existir pouca circulação, a Rocinha possui maiores índices da doença no Brasil.